sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Li e chorei

"Eu me dispo da notícia 
e a minha nudez parada 
te denuncia e te espelha
Eu me delato
Tu me relatas
Eu nos acuso 
e confesso por nós
Assim me livro das palavras
Com as quais 
Você me veste."

Texto Fauzi Arap


Li no blog da Ju, o melhor do mundo.

terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Tempo para tudo

"Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu." Eclesiastes 3:1

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Não se esqueça

"Até o mais profundo pântano possui a mais límpida  água em sua composição
Até o veneno mais perigoso é antídoto de si próprio
Mesmo o mais limitado protozoário possui a essência da vida.
O tempo é aliado daquele que almeja o crescimento espiritual
Se seus passos ainda são curtos, continue caminhando.
Das mais danosas chuvas nascem os arco-iris, pois do céu nunca se retirou o sol.
O véu sobre você é a nuvem que chove e Deus em seu coração é o  sol que nunca se vai.
Dar de si aquilo que quer de Deus.
A mais alta montanha é a vista mais bela e a subida mais árdua.
Continue amando a todos. Mas não esqueça de se amar."
carta psicografada de Luiz Rossi Tortorela

quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Tua mente

"Tua mente - tua casa intransferível. Nela te nascem os sonhos e aspirações, emoções e ideias, planos e realizações. Dela partem as tuas manifestações nos caminhos da vida, e de nossas manifestações nos caminhos da vida dependem o nosso cativeiro à sombra ou a nossa libertação para a luz."
Emmanuel

quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Tanto desconhecido

Há sobre mim tanto desconhecido que continuadamente me apaixona vencer esse mar, relembrar o nome de algumas ilhas, dizendo: Ah, é verdade. Há, é verdade. Assim, para lá do conhecimento memorizável, trazido e fixado no consciente, tudo é possível.

Trecho de Um arco singular, Livro de horas II, de Maria Gabriela Llansol.

terça-feira, 24 de setembro de 2013

Recurso valioso

"Lembrar-se de si é um valioso recurso do homem que deseja sair do mundo ilusório e despertar. Mas precisa ser experimentado. Por isso, nós precisamos de práticas diárias que nos permitam nos reconectar com nossa essência espiritual"
O Místico, Iam Mecler.

quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Trabalho é vida

Um novo trabalho, uma nova vida.  É apenas incrível e de mudar a vida você trabalhar com o que gosta, com pessoas que você adora e num clima de troca e cabeça aberta. Não imaginava que ainda esse ano pudesse vivenciar coisas tão diferentes: uma alimentação melhor, yoga, mais cuidado com os outros, mais diversão, mais simplicidade, mais leveza. Meu trabalho é vida!

quarta-feira, 7 de agosto de 2013

O que fazemos de nós


"Na vida, não vale tanto o que temos, nem tanto importa o que somos. Vale o que realizamos com aquilo que possuímos e, acima de tudo, importa o que fazemos de nós!"
C.X.

terça-feira, 6 de agosto de 2013

A fonte

"Provar a mim e aos outros que sou mais que uma mulher. Eu sei que você não crê. Mas eu também não acreditava, julgando o que tenho feito até hoje. É que eu não sou senão um estado potencial, sentindo que há em mim água fresca, mas sem descobrir onde é sua fonte."
Clarice Lispector.

quinta-feira, 4 de julho de 2013

Não há distância

" Depois de um tempo, a gente entende que não há distância para aqueles que se amam, contrariando o que dizem a quilometragem, a diferença de fuso, o tanto de afastamento dos olhos. Porque o olhar que importa é o olhar que ama, é o olhar que sente, é o olhar que abençoa, e esse olha de qualquer lugar" Ana Jácomo.

segunda-feira, 1 de julho de 2013

A troca

Eu tenho um grupo enorme e maravilhoso de grandes mulheres na minha vida. Tive a sorte de ter muitas amigas, irmã, mãe, primas, chefes, espiritualidades amigas e outras mulheres que me ensinaram e ensinam muito. Mas nessa busca pelo meu caminho espiritual, nesse ano de desafios, eu conheci mulheres que literalmente mexeram comigo. Me fizeram pensar em porque, nessa vida, eu sou mulher. Com o amadurecimento, vai ficando mais difícil e mais incrível essa condição feminina. Mulher, mulher, mulher... Quantos questionamentos, quantos sentimentos, quanta vontade e quanta liberdade! Aprendi que a Lua me influencia, que a Natureza me influencia , que minha sensibilidade nem de longe é fraqueza e sim fortaleza.Que eu posso muito e que tenho aliadas nessa vida. É só o começo dessa caminhada, nessa vida, como mulher. Mas já começo grata e protegida.

sexta-feira, 28 de junho de 2013

O medo

"Foi quando começou a não se importar tanto de sentir tanto medo, que ouviu o convite, ainda tímido, quase sussurro, do próprio coração, esse sabedor do que, de verdade, importa: 'Volta, com medo e tudo'. Foi. E começou a redescobrir que coragem, na maioria das vezes, é apenas voltar para o próprio coração. É apenas calar a ausência devastadora e infértil dele. É apenas sair do lugar para um ponto um pouquinho mais espaçoso e espalhador de sementes. É apenas seguir. Com medo e tudo."
Ana Jácomo

Quantos presentes a busca pela espiritualidade traz para a gente. O primeiro é encarar os próprios medos e verdades, achando o caminho mais adequado para viver melhor e de maneira mais feliz.

terça-feira, 28 de maio de 2013

Minha Tereza

“Com quem se parece Tereza Batista, tão castigada pela vida, tão cansada de apanhar e de sofrer e, ainda assim, de pé, com todo o peso da morte no lombo, porfiando em arrancar da maldita uma criança para a vida? Pois eu lhe digo com quem acho que ela se parece.
Sentada nesta varanda, vendo ao longe o mar do Rio Vermelho, olhando as árvores, algumas centenárias, a maioria plantada por mim e pelos meus, com essas minhas mãos que empunharam a carabina nas matas de Ferradas, nas lutas do cacau, recordando João, meu finado, um homem alegre e bom, cercada pelos meus três filhos, meus tesouros, e pelas três noras, minhas filhas e rivais, pelos netos, netas e bisnetos, por meus parentes e aderentes, eu, Eulália Leal Amado, Lalu na voz geral da benquerença, lhe digo, meu senhor, que Tereza Batista se parece com o povo e com mais ninguém. Com o povo brasileiro, tão sofrido, nunca derrotado. Quando o pensam morto, ele se levanta do caixão.”
TEREZA BATISTA CANSADA DE GUERRA
                                                                   JORGE AMADO

terça-feira, 21 de maio de 2013

Luz

A vida sabe ser generosa. Enfrentei o meu medo e tantos preconceitos e em resposta, recebi uma onda de amor, de fé e de força. Para sempre.

terça-feira, 23 de abril de 2013

Da minha janela

Acordei domingo com um céu desse e um festival de balões. Tem como não amar essa cidade?São 11 anos por aqui e quando penso em tudo que ganhei, tudo o que eu vivi... a vida fica assim, desse jeito, azul!

quinta-feira, 11 de abril de 2013

Uma luz

"Então, e como sempre, era só depois de desistir das coisas desejadas que elas aconteciam". 


A procura de uma dignidade, in LAÇOS DE FAMÍLIA, de Clarice Lispector. 

segunda-feira, 1 de abril de 2013

Eu nunca me esqueço

 “Congele o tempo pra eu ficar devagarinho com as coisas que eu gosto e que eu sei que são efêmeras e que passam perecíveis, que acabam, se despedem, mas eu nunca me esqueço."
Efêmera, Tulipa.

segunda-feira, 25 de março de 2013

Saudade


Onde Eu Nasci Passa Um Rio

Caetano Veloso

Onde eu nasci passa um rio
Que passa no igual sem fim
Igual, sem fim, minha terra
Passava dentro de mim
Passava como se o tempo
Nada pudesse mudar
Passava como se o rio
Não desaguasse no mar
O rio deságua no mar
Já tanta coisa aprendi
Mas o que é mais meu cantar
É isso que eu canto aqui
Hoje eu sei que o mundo é grande
E o mar de ondas se faz
Mas nasceu junto com o rio
O canto que eu canto mais
O rio só chega no mar
Depois de andar pelo chão
O rio da minha terra
Deságua em meu coração

quinta-feira, 21 de março de 2013

Chico

Ontem cozinhei, bebi vinho, recebi umas amigas e tive uma noite ótima. Depois que todo mundo foi embora e eu estava arrumando a casa e, por um presente divino, estava passando um documentário sobre Chico Buarque na televisão. Cada música, cada história, cada amor. Me deu vontade de chorar e ser grata por tudo que já passei nesse departamento. Que graça teria a vida se tudo se resolvesse rápido e a gente não tivesse história para contar?

sexta-feira, 15 de março de 2013

Resposta

Além alma

Arnaldo Antunes / Paulo Leminski

Meu coração lá de longe
faz sinal que quer voltar.
Já no peito trago em bronze:
NÃO TEM VAGA NEM LUGAR.
Pra que me serve um negócio
que não cessa de bater?
Mais me parece um relógio
que acaba de enlouquecer.

Pra que é que eu quero quem chora,
se estou tão bem assim,
e o vazio que vai lá fora
cai macio dentro de mim?

terça-feira, 12 de março de 2013

Traduzir-se

 Traduzir-se

"Uma parte de mim
 é todo mundo:
 outra parte é ninguém:
 fundo sem fundo.

 Uma parte de mim
 é multidão:
 outra parte estranheza e solidão.

 Uma parte de mim
 pesa, pondera:
 outra parte
 delira

 Uma parte de mim
 almoça e janta
 Outra parte
 se espanta

 Uma parte de mim
 é permanente:
 outra parte
 se sabe de repente

 Uma parte de mim
 é só vertigem:
 outra parte,
 linguagem.

Traduzir uma parte
 na outra parte
- que é uma questão
de vida ou morte -
será arte?"

Ferreira Gullar

quarta-feira, 6 de março de 2013

O mergulho


"No exato momento, no exato instante
Em que nós mergulhamos
É preciso entender que não estamos
Somente matando nossa fome na paixão
Pois o suor que escorre não seca, não morre
Não pode e nem deve nunca ser em vão
São memórias de doce e de sal
Nosso bem, nosso mal, gotas de recordação
E é importante que nos conheçamos a fundo
E saibamos quanto nos necessitamos
Pois aqui, eis o fim e o começo
A dor e a alegria, eis a noite, eis o dia
É a primeira vez, é de novo, outra vez
Sem ser novamente
É o passado somado ao presente
Colorindo o futuro que tanto buscamos
Por favor, compreendamos que é o princípio de tudo
Batendo com força em nossos corações
E é importante que nós dois saibamos
Que a vida está mais que nunca em nossas mãos
E, assim, nessa hora devemos despir
O que seja vaidade, o que seja orgulho
E do modo mais franco de ser
Vamos juntos ao nosso mergulho
Por favor, compreendamos que é o princípio de tudo
Batendo com força em nossos corações
E é importante que nós dois saibamos
Que a vida está mais que nunca em nossas mãos
E, assim, nessa hora devemos despir
O que seja vaidade, o que seja orgulho
E do modo mais franco de ser
Vamos juntos ao nosso mergulho"

Mergulho,  Maria Bethânia

segunda-feira, 4 de março de 2013

Eu vi de longe

Meu amor é teu
Mas dou-te mais uma vez
Meu bem
Saudade é pra quem tem
Meu amor é teu
Mas dou-te mais uma vez
Meu bem
Saudade é pra quem tem
Todo o teu amor
Eu vi de longe
De longe...
Dava pra sentir o teu perfume
Eu juro...
Meu amor é teu
Mas dou-te mais uma vez
Meu bem
Saudade é pra quem tem
Todo o teu amor
Eu vi de longe
De longe...
Dava pra sentir o teu encanto
Eu juro...
 Meu amor é teu
Mas dou-te mais uma vez
Meu bem
Saudade é pra quem tem
Meu amor é teu
Mas dou-te mais uma vez
Meu bem
Saudade é pra quem tem

Não me canso dele, de suas músicas, de seus shows e dessa delicadeza de espírito. 

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Juliana

Tem uma pessoa chamada Juliana em minha vida e o diário virtual dela, sempre, mas sempre mesmo, enche meu coração de amor e esperança. Como pode a gente amar tanto alguém? Sempre digo por aí, que se eu fosse homem, casava com a Juju. Li esse texto no blog dela hoje e apenas me senti abraçada. Essa foto abaixo mostra a minha alegria ao ganhar um livro lindo de poesias do Pablo Neruda e ser escolhida por ela como anfitriã do clube. Nos AMAMOS.

"Desencana meu amor
Tudo seu é muita dor
Vive
Deixa o tempo resolver
O que tem que acontecer
Livre
....
Desinflama meu amor
Do seu jeito é muita dor
Vive
Deixa o tempo resolver
Se tiver que acontecer
Vive
Desencana meu amor
Tudo seu é muita dor
Vive
Deixa o tempo resolver
O que tem que acontecer
Livre."
 http://www.coresdocesesujas.blogspot.com.br/

sábado, 23 de fevereiro de 2013

A janela

A janela da renovação, amizade, compaixão, perdão e pura alegria e sorriso sempre aberta em nossos corações.

quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

A menina e o cachorro

A menina e o cachorro

Arnaldo Antunes / Liminha / Ana Cañas

Quero ver a menina
Quero ver o cachorro
O vestido
Toda vestida de flores, lá vem a menina

Quero ver o cachorro
quero ver o que ginga
O que vinga
Quero estender um tapete vermelho pra ela

E no altar da capela
Dizer que sim pra ela
Mas se não
Quiser se casar comigo, posso ser seu amigo

Eu posso ser seu amigo
Fiel como um cachorro
Incansável
Só pra ficar mais perto dela e das flores

Um canteiro
Um jardim
Para ela
Para mim

Um cachorro
Um buquê
Para ela
Pra você

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Um tempinho

Nessa correria maluca, no automático do dia-a-dia, às vezes até o que nós gostamos fazemos sem curtir ou pensar direito. Em 2013 prometi dar um tempinho mais para tudo...

quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Feminilidade

"Assim, a crise e a falta de perspectiva individuais e coletivas parecem reativar a feminilidade mais arcaica, percebida como uma saída em uma sociedade dura, competitiva, implacável - seja n o recolhimento do lar ou na busca por um lugar ao sol ( a panóplia da mulher fatal). Lado mãe ou lado prostituta, essa feminilidade se define em função das necessidades e expectativas dos outros. Aquelas que se conformam com essa condição reprimem seus próprios desejos, opiniões e ambições íntimas." Bem longe do ideal das lutadoras de outrora, das mulheres livres, das intelectuais e mulheres de poder, a feminilidade hoje parece responder a apenas um atributo - a sedução - e ter um único objetivo - a maternidade. Os homens e as crianças primeiro!"

Por Mona Chollet,  Le Monde Diplomatique.

Vontade de gritar esse texto!!